Blog

Quarta, 01 Março 2017

Manutenção da rede elétrica

Saiba quando é necessário reformar a instalação elétrica da sua empresa ou residência.

A falta de manutenção na rede elétrica representa um perigo para os usuários e para o patrimônio. O desrespeito às normas representa riscos de incêndios e de choques elétricos.

Há quem acredite que os equipamentos e instalações físicas de prédios e residências devam ser usados o máximo possível e, que só necessitário uma ação corretiva mediante a ocorrência de algum problema.

Tanto a estrutura quanto as instalações elétricas de uma edificação sofrem com a ação do tempo. Qualquer falha ou imprudência pode diminuir a vida útil do imóvel, colocando em risco a segurança dos usuários.

Um levantamento realizado pela Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel), o número de incêndios gerados por sobrecargas e curto-circuitos cresceu 49% em 2015.

A ABNT estipula através da NBR-5410 todas as normas de segurança para instalações elétricas de baixa tensão. E regulamenta os requisitos mínimos para a aplicação de um sistema de gestão de manutenção da rede elétrica.

Especialistas recomendam a realização de uma inspeção geral no sistema elétrico a cada 6 meses.

E para garantir que a rede elétrica se mantenha adequada para o nível de consumo exigidos pela residência ou condomínio, recomenda-se também uma análise e readequação da instalação elétrica a cada 5 anos.

 

Alguns pontos devem ser incluídos no programa de inspeção e manutenção preventiva da rede elétrica, como:

  • Inspeção do quadro de entrada

Realizar a inspeção do quadro de entrada garante que conexões, isolamento, mecanismos de fixação e outros aspectos físicos estejam em bom estado.

 Inspeção e revisão de disjuntores

A inspeção e revisão de disjuntores garante que eles estejam corretamente dimensionados para o nível de consumo do imóvel é fundamental para evitar superaquecimento e princípios de incêndio.

  • Inspeção e reparo de tomadas e interruptores

Ao final da vida útil ou em caso de avaria, as tomadas e interruptores podem causar problemas de mau contato, provocar faíscas e até ocasionar curtos circuitos.

  • Inspeção e reparo da iluminação e sinalização de emergência

As lâmpadas e luminárias em mal funcionamento ou queimadas devem ser trocadas de imediato, evitando acidentes. É fundamental que toda sinalização de emergência deve estar perfeito estado de funcionamento.

  • Avaliação termográfica e superaquecimento

Com a introdução de mais equipamentos domésticos e uso indiscriminado de extensões, é comum que as instalações trabalhem com algum tipo de sobrecarga, o que resulta em um aquecimento da rede elétrica. A realização de termografia e identificação de focos de superaquecimento podem evitar sérios acidentes como incêndios e queima da fiação elétrica.

  • Inspeção e revisão de para-raios e sistema de aterramento

Os sistemas de proteção contra descargas atmosféricas devem estar funcionando corretamente para evitar perda de equipamentos e acidentes durante tempestades. Um sistema de aterramento em bom estado também é importante para garantir a segurança de toda a instalação.

As manutenções preventivas permitem que a rede elétrica esteja sempre em bom estado de funcionamento. Além de identificar problemas que no futuro poderiam causar acidentes, e gerar custos não planejados.

Outro benefício é a redução da conta no fim do mês. A manutenção das instalações elétricas em dia, pode reduzir em média, até 5% do valor da conta de luz.

Mas lembre-se! As verificações e intervenções nas instalações elétricas devem ser executadas somente por pessoas advertidas ou qualificadas para essa função.

Contrate profissionais experientes que garantam a qualidade do serviço executado, a segurança dos usuários e do patrimônio, além da redução dos custos de consumo e manutenção.

Última modificação em Segunda, 03 Setembro 2018
Copyright © 2009 ECA Equipamentos Eletrônico. All Rights Reserved. Desenvolvido por © Maktub

Pesquisar